2 de novembro de 2014

Um dia de finados diferente

Esse dia pra mim é sempre horroroso e não posso mentir e dizer que de uma hora pra outra tudo ficou uma maravilha, mas esse ano encarei o dia de finados de uma maneira diferente.
Por coincidência, essa semana, assisti ao filme Festa no Céu.  A história do filme gira em torno do tema morte.

"Um grupo de crianças bagunceiras é encaminhado a uma visita guiada ao museu, como “punição” pelo mau comportamento. Lá, uma guia diferente resolve percorrer um caminho alternativo e os apresenta ao "Livro da Vida", que contém todas as histórias. A mais simbólica delas, baseada nas tradições mexicanas, envolve três mundos. Catrina/ La Muerte é uma adorada deusa ancestral, que governa a Terra dos Lembrados. Ela é ex-mulher de Xibalba, o governante da Terra dos Esquecidos, um trapaceiro. Em uma visita à Terra dos Vivos, eles fazem uma aposta. Se a jovem e bela Maria, filha da maior autoridade da cidade de San Angel, escolher se casar com o emotivo violinista Manolo, Catrina ganha, e Xibalba não poderá mais interferir no Mundo dos Vivos, como gosta de fazer; se o preferido for o valente Joaquim, Xibalba passa a governar, também, o Mundo dos Lembrados." (sinopse do site Adoro Cinema)

Então, resolvi que ao invés de ficar lamentando por meu pai e outros familiares falecidos iria celebrar os bons momentos que passamos juntos.
Para homenageá - lo (sou filha coruja hehehe) vamos encerrar a noite com Caipirnha ;) Ele sempre fazia amassando com um pilão os limões junto com açucar e oferecia a minha mãe: Bem, prova aqui!

Pai, se depender de mim e da Mainha você permanecerá na "Terra do lembrados" curtindo e festejando. Tim tim!




Um abraço bem forte em todos vocês que sentiram saudades de alguém que já se foi, mas tiveram a sorte de poder lembrar de momentos maravilhosos que viveram com essas pessoas.

2 comentários:

  1. Eu queria comentar como esse sentimento é bacana, mas a foto me deu sede hahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse sentimento bacana rendeu mais uns 2 copos, Rafael. hahaha

      Excluir