6 de março de 2014

Você curte paisagimo? Novidade aqui no blog.

Casa da minha mãe em Maceió 


Ter plantas em casa é algo muito familiar para mim porque minha mãe é apaixonada por elas. Lembro que quando ela visitou Gramado ficou encantada com as flores. Na nossa casa, em Maceió, tinha um jardim de inverno com avencas, e lá fora um pé de acerola que foi plantado pelo meu pai, tínhamos uma flor que nascia vermelha e a noite ficava branca e com um cheiro maravilhoso entre outras, a temida comigo-ninguém-pode (minha mãe me proíbia de passar perto), porém todas cuidadas pela minha mãe.
Eu gostaria muito de ter mão boa para plantas, mas comigo só as fortes aguentam :P
A novidade que quero contar pra vocês é que teremos aqui no blog a participação da paisagista Mônica Cipelli. Durante uma conversa com ela tive a ideia de fazer o convite para ela dar umas dicas aqui no blog e fiquei super feliz por ela ter aceito. Bem vinda Monica! 






Minha graduação é na área de exatas, mas minha paixão por plantas falou mais alto e em 2007 resolvi cursar paisagismo no IBRAP e descobri um mundo novo. Descobri como é prazeroso decorar um jardim, combinar as cores dos vasos com o ambiente, sugerir plantas que combinam com a arquitetura da casa, indicar estilos de jardins que vão do tropical ao estilo japonês e utilizando-se das ferramentas apropriadas, é fascinante mostrar para o cliente um projeto em 3D e com uma imagem muito próxima da realidade. 





O paisagismo vai além das plantas, vai do mobiliário como banco, banquetas, sofás, decoração nas paredes com quadro vivo, vasos com temperos até chegar a hora da escolha das plantas que afinal cada cliente tem um estilo e suas preferências.



Arquivo pessoal de Monica Cipelli


Vamos falar sobre a importância do projeto de paisagismo que dará a certeza que o jardim ficará livre de inconvenientes como plantas mal localizadas ou porte acima do previsto, rompimento de calçadas e tubulação devido às raízes da planta serem agressivas, folhas que dificultam a limpeza da piscina e manutenção com difícil acesso.
No projeto de paisagismo é importante planejar como será o jardim, para que o resultado atenda às necessidades do cliente.
O projeto de paisagismo começa com levantamento do local como: estilo da casa, clima, vento, posição do sol ou sombra, topografia, solo, plantas da região, encanamento e a presença das pessoas que irão desfrutar do local (crianças, idosos, pessoas portadoras de necessidades especiais) e animais domésticos.
A partir destas informações o paisagista começa a desenvolver o projeto, compondo o jardim com funcionalidade, estética, bom gosto e criatividade, sempre de uma forma harmônica, utilizando espelho d’água, pergolado, jardim vertical, lareira de chão, orquidário, horta, espaço para as crianças e a integração do mobiliário ao ambiente.


Arquivo pessoal de Monica Cipelli


Aqui no  blog passarei dicas de plantas para área interna e externa, horta em vaso, plantas para jardim com sol ou sombra, compostagem caseira, flores comestíveis, como cuidar de plantas (adubar, regar), e pensando na sustentabilidade o uso de materiais que poderiam ir para o lixo e podem ser muito bem aproveitados no paisagismo como pneu velho, paletes, caixa de leite, lâmpadas e outros.