22 de abril de 2013

Não estou pronta para ficar sozinha.

Eu anseio por uma liberdade de poder ir e vir a hora que eu quiser sem me preocupar com as filhas;

Eu me alegro internamente com a possibilidade de um banho em que ninguém entre no banheiro para contar algo (#aos16), fazer xixi e me chamar pra enxugar (#aos3) ou coisas do tipo;

Eu penso no dia que vou poder ver o filme que quiser sem ter que competir com os canais infantis;

Eu imagino o dia que
tudo ficará arrumado por mais de 30 minutos;

Eu sonho com o dia que escreverei um post, lerei um livro sem ser interrompida pelo grito: ô Mãe!

Eu paro pra pensar como seria almoçar tranquilamente;

Eu desejo atender uma ligação sem ter que ser interrompida ou interromper pra brigar com alguém;

Eu invejo as mulheres que saem com sua bolsa chique, com necessaire e outras "feminices" enquanto eu dentro da minha sempre encontro um brinquedo, toalhinha, muda de roupa;

Eu imagino como seria revigorante dormir uma noite inteira sem acordar pra verificar se #aos16 já voltou da festa ou se #aos3 não está prestes a cair da cama;

Eu teria tantas outras coisas mais para citar, mas vou parar por aqui.

E um dia eu tenho a oportunidade de ficar sozinha e desfrutar da minha própria companhia. E aí o que eu fiz? Fiquei sem saber por onde começar e achando tudo um tédio total! Essa sou eu e uma das minhas loucuras de mãe ;)

Como diz uma parte da letra da música Metade - Adriana Calcanhoto: "Eu não moro mais em mim"




9 comentários:

  1. bah! Nem me fala... quero taaaaanto um tempo só pra mim, mas as raras vezes que tenho, pareço uma barata tonta, caminhando em círculos! Hehehe

    Compartilho deste teu sentimento!
    Bjão gi

    ResponderExcluir
  2. Eu to assim também, socorro! Um dia que tive para ficar sozinha, dormir, comer besteiras, ver filme, colocar o trabalho em dia, não fiz nada a não ser ficar olhando o relógio para ver es tava dando a hora da cria chegar #vidademãe literalmente né? rs
    Beijos Ca
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  3. Eita vida de mãe!As vezes só queria dormir mesmo ou poder assistir um filme inteiro!rs!
    Adorei o post!
    beijos Pri
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  4. Hahahahahahah....Nem me fale! As minhas estão crescendo rápido e morro de medo desse dia de ficar sozinha!
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu sou previlegiada por ter um marido que divide as funções comigo.
    Então consigo tomar um banho demorado e afins rsrs
    Bjks
    http://makeviagem.blogspot.com.br/2013/04/qual-e-idade-idel-para-ir-escola.html
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  6. Mônika, onde eu assino? Por que eu também estou super afim de ter este tempo pra mim rs...
    Vida de mãe não tem mesmo jeito, é quase igual em todos os endereços, né?
    Mas vamos confessar, quem não ama?

    Adorei o post!
    Um abraço,
    Flávia Pellegrini
    @blognapracinha
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  7. Kkkkkkkk é bem assim uma reinvensão constante!!
    Bjs
    Mari# amiga comenta

    ResponderExcluir
  8. Ih Mônika eu não tenho esse problema não, nos raros momentos em que posso ficar sozinha sem preocupação eu aproveito, e muito! Já os outros problemas, ah, esses são todos iguais aqui! rsrsrs
    Beijo
    Débora
    #amigacomenta
    www.personalbebe.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Monika, voltei aqui no seu post para reler. kkk. Achei muito bom. e sabe o que eu me lembrei? Que quando eu viajo a trabalho e chego no hotel, na hora que tenho a oportunidade de fazer tudo isso, eu fico andando para um lado e para o outro sem saber o que fazer. E sabe o que eu faço? Eu ligo pras filhas. Vou ao banheiro falando com elas ao telefone, vejo TV falando com elas e por aí vai. Kkk
    Coisas de mãe.

    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir