16 de novembro de 2012

Os livros estão por aí...livres!




Quase na última hora do prazo eu cheguei pra fazer minha postagem do Bookcrossing blogueiro ;)

O livrinhos libertados foram alguns da coleção Itaú de Livros Infantis, que pedimos todos os anos, porque ganhamos mais livros em uma loja que fomos a Breithaupt e tinha 4 repetidos aqui em casa.
Porque escolhi esses livros?
Aqui na rua tem muita criança, eles brincam muita na rua e pensei que deixando assim, do nada, eles iriam pegar e ler nem que fosse por pura curiosidade. Como aqui em casa tem câmera eu vou poder ver a reação de quem pegou e depois volto aqui pra contar ;)




A outra escolha é a Revista Viração, que é produzida pelos jovens da instituição de mesmo nome, que tem por objetivo informar e chamar a atenção das pessoas para a exploração do trabalho infantil e adolescente. Como o objetivo o bookcrossing é libertar conhecimento e informação achei que seria bem interessante incluir a revista nesse movimento.
Uma delas foi entregue a minha cunhada para que ela deixasse junto as revistas que ficam na administração do shopping onde ela trabalha. 

O último livro ainda não libertei porque não achei um lugar legal. Na realidade queria libertar ele na praia e como não fui lá esses dias, acabei deixando ele aqui pra poder fazer do jeito que eu queria. Confesso, fico imaginando o lugar onde vou deixar o livro e a pessoa pegando pra ler ;) 
O livro é o Espumas Flutuantes de Castro Alves, seu último livro publicado, o qual ele definiu como "uma esteira de espumas.../flores perdidas na vasta indiferença do oceano/ um punhado de veros.../ espumas flutuantes no denso feno da vida".

Links para visitar:







Um comentário:

  1. Olá Mônika,
    venho através do bookcrossing blogueiro, espreitar sua participação.
    Certa vez resolvi arranjar espaço cá em casa, peguei em livros infanties da minha filha e levei para o contentor de reciclagem de papel porque os livros encontravam-se em mau estado. Não dáva para entregar na biblioteca municipal. Mas chegando lá no ponto de reciclagem, fiquei com pena de jogar livros fora, então coloquei eles encostados ao contentor, do lado de fora.

    Estavam uns meninos brincando na rua. Quando se aperceberam dos livros, correram para eles assim que eu virei costas. De longe pude ver, eles pegando e colocando na bicicleta para levarem para casa :)
    Muito bom você ter pensado nas crianças.
    Beijo além-mar (de Portugal).
    Rute

    ResponderExcluir