30 de agosto de 2011

Review da mamãe



Esses dias me peguei fazendo uma review das coisas que fazia com minha primeira filha para repetir umas ou excluir outras "do caderninho" na educação da Helena.
Já tinha ouvido falar que cada a cada filho nasce uma mãe diferente, mas agora que me vejo, realmente, passando por isso é que estou entendendo.
Meu momento com a primeira (#aos14) era completamente outro. Eu casei cedo, aos 17 ela nasceu, enfrentei uma separação muito difícil e no meio disso tudo era MÃE.
conversando com o marido esses dias chegamos á conclusão que a nossa tendência  é não repetir com nossos filhos coisas que nossos pais faziam e nos "traumatizaram". Vou explicar o que eu quero dizer com esse "trauma de infância".
Minha mãe não deixava eu rasgar os papéis dos presentes e ainda escolhia alguns para guardar. Eles só apareciam novamente nas festas de final de ano ou aniversário para decorar o quarto. Nossa...eu tinha uma raiva disso! Imagina se eu doida pra brincar ia te explicação que me fizesse entender pq eu não podia tocar naqueles brinquedos que eu ganhei...peguei "traaaaaaauma". Resultado: sempre deixei #aos14 e agora a Helena rasgarem td que é papel de presente e brincarem com tudo até enjoar.
Um erro meu como mãe que não pretendo repetir é em relação á rotina do sono. Não coloquei horário para #aos14 dormir quando era pequena e isso foi terrível. Com Helena pretendo agir diferente pq isso de ficar acordada esperando o sono chegar não dá certo mesmo.
E vocês também fazem esse tipo de avaliação? Tem algum "trauma de infância" ou alguma coisa que fizeram com o primeiro filho e não fariam com o segundo? Vem aqui contar!

12 comentários:

  1. Acho que isso acontece com todo mundo!

    Muitas coisas que meus pais fizeram não quero repetir nem de longe! Por exemplo eu tinha que ter toda responsabilidade por ser a irmã mais velha, mas meu irmão é só 3 anos mais novo que eu!

    Mas pretendo sim repetir as coisas boas, porque claro que teve mais coisa boa que ruim (senão não seria uma boa pessoa hj não?).

    E também aprendi que filhos, apesar de parecidos são tão diferentes! Tenho 2 meninos com 2 anos de diferença, e tem coisas que são completamente opostos um do outro. E eu como mãe tenho que aprender a lidar com os dois!

    Acho que essa é nossa vida de mãe, sempre aprendendo e nos avaliando!

    Bjos

    Elaina Furlan #amigacomenta
    http://www.vidademae.net/

    ResponderExcluir
  2. Você me fez pensar. Acho que não tem muitas coisas que eu não repetiria dos meus pais, acho que acredito um bocado no modo que eles criaram a gente, na verdade sigo mais ou menos o mesmo caminho. Mas uma coisa que vou tentar não repetir é algo que acontece hoje e não quando eu era criança. Se eles fazem algo que eu não gosto e eu reclamo que isso me magoa, eles logo rotulam como "bobagem" ou "exagero", o que piora ainda mais a situação. Espero não fazer isso com meus filhos.

    Já da Alice pro Vítor algumas coisas mudaram, mas não tanto de educação e criação, de experiência e maturidade mesmo. Com o Vítor fui muito rígida, morrendo de medo que ele se tornasse uma criança pirracenta e birrenta (criado com vó, imagina). Com a Alice eu já tenho o caminho das pedras, já vi que as coisas são bem mais simples do que parecem, então respiro um pouco mais, sou mais flexível com os dois agora. Mas sem deixar de cobrar, né?

    Beijos
    Tati
    Mulher e Mãe
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  3. Como Elaina disse essa vida de mãe é sempre de aprendizado, ainda bem né? rsrsrs Os pequenos agradecem.

    ResponderExcluir
  4. Vejo isso em mim tb Tati, da #aos14 pra Helena tô mais madura e segura das decisões que estou tomando.

    ResponderExcluir
  5. Oieee,

    Posso dizer que faço estas avaliações todos os dias, 24h por dia!!
    Tive e tenho uma relação conturbada com a minha mãe, hj uso ela e as atitudes dela como um anti-exemplo, parece cruel falar assim de uma mãe mas, enfim, não quero q meus filhos possam nunca dizer isso de mim e tb não pretendo nunca fazer eles sofrerem como ela me fez!
    O que aprendi foi que não basta gerar, ser mãe é muito maior que isso, engravidar e dar a luz é só o comecinho de uma jornada imensa de muita responsabilidade, amor, respeito e etc..
    Enfim, me desculpe me prolongar tanto mas, tb tenho q admitir q nem tudo foi ruim e é claro q tem muitas coisas boas em mim q eu aprendi com a minha mãe, mas acho normal estarmos o tempo todo avaliando e reavaliando nossas atitudes como pais, só não acho legal bitolar em ser a mãe perfeita-doriana!
    Afff, falei demais! desculpa!

    Bjos!

    Loreta #amigacomenta;)

    @bagagemdemae
    www.bagagemdemae.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi flor!! Vc falando me fez lembrar uma coisa. Eu não me lembro se minha mãe guardava os brinquedos da gente não, mas vc acredita que ela faz isso com meus filhos. No niver da Cissa de dois anos ela ganhou um carro lindo. ai minha mae guardou e disse que era pra brincar depois. e sabe qdo foi que eu peguei o bendito carro pra ela brincar??? a uma semana dela completar 3 anos. affff e qdo ela fez tres anos queria fazer a mesma coisa, mas eu não concordo. Eles abrem os brinquedos que ganham e qdo enjoam eu vou lá e guardo. e qdo querem brincar ela pede. Qto ao horário sempre os coloquei pra dormir entre 21h30 e 22h. eles dormem sempre vendo DK.
    gostei daqui!

    #amigacomenta
    @Pergameni

    ResponderExcluir
  7. Rotina pra dormir nunca achei que fosse tão importante! É excelente!
    A minha mãe me batia. Hj ela fala que não faria de novo. Eu não vou fazer isso com meu filho!
    Mudamos, aprendemos e assim que é bom!
    beijos
    Ana Carolina
    @anacarolinaqui

    ResponderExcluir
  8. Loreta, não precisa se desculpar. Pode escrever á vontade. Amo qndo vejo comentários nos posts.

    ResponderExcluir
  9. Márcia, se minha mãe morasse aqui ia fazer o mesmo com Helena. rsrs

    ResponderExcluir
  10. Ana Carolina, vc tinha que apanhar pra dormir? Imagino como não devia ter energia, hein?! Engraçado que as mães tb se reavaliam depois que tem os netos, né?

    ResponderExcluir
  11. Bom, isso é natural queremos sempre fazer o melhor para nossos filhos, e claro não queremos repetir os erros de nossos pais.
    Mas, contudo todavia rsrsr (sempre quiz fazer isso) cometemos erros novos!

    ResponderExcluir
  12. OI !
    Eu gostei deste post ...e resolvi comentar! ; )
    Bem eu ainda nao sou mae ( por enquanto ) em Março falarei diferente... pois, ai sim serei realmente mae lado a lado com meu filho ...
    mas eu e meu irmao temos 8 anos de diferença...um idadezinha boa, mas eu era pequena na altura e queria ainda ser criança... apenas tinha 11 anos... Eu tive pouca infancia em paz e sossego, minha infancia sempre foi "mexida", pois eu tinha 11 anos e era maltratada ja de anos atras pela minha mae ( agressao domestica ) ( ate aos 16 anos, quando meu pai descubriu tudo acabou)... Ela queria era que eu estendesse roupa, arruma-se a mesa, limpasse as casas e me tratava mal, me ofendia etc muita coisa eu passei ...
    Entao eu com 16 anos fui trabalhar para as estufas onde ela tanbem trblhava, por opção minha, para provar tanbem a ela que nao precisava dela, era um garota (jovem), trabalhei so 3 meses pois foram as ferias de verao e depois voltei a escola...nesse tempo tinha meu dinheiro e me sentia bem por um lado, pois nao precisava pedir dinheiro para ela...ela desde sempre e ate agora me manda a cara que gastou e gasta muito dinheiro comigo :S ENFIM AGORA TOU JUNTA E ELA JA NAO TEM ESSE DIREITO..MAS E RECENTE! E Ainda me chateia muito, diz que eu nao faço nada, e que ela é minha empregada e eu sinto o contrario, que eu sim sou sua empregada ...

    Coisas que nunca farei com um meu filho/filha o que passei na minha infancia! seja ela o 1º ou 2º ...
    Detesto ver um pai ou uma mae bater numa criança (uma nalgada na fralda nao faz mal, mas nao precisa ser 5 ou 6 ou ser na cabeça ou na cara!) isso me chateia...!!!!!!!!!!!!!
    Educar nao e' maltratar!!!!!!!!!!!!!!!
    Esse e' meu trauma de criança, quanto a minha relação com 1º e 2 ºfilho ainda nada posso dizer..pois vou ser mae do 1º ainda !

    Um beijo e tudo de bom...Desculpe se melguei com a minha historia!!

    Se gostar do meu blog torne-se minha seguidora :)

    Tudo de bom *

    ResponderExcluir