10 de fevereiro de 2011

Vamos de sling?

Helena no sling quando tinha uns 3 meses

Não sei porque o uso do sling não é mais incentivado?

Eu conheci o sling através de uma reportagem do Programa Mais Você(http://maisvoce.globo.com/MaisVoce/0,,MUL777481-10345,00.html) e iniciei uma pesquisa para conhecer mais sobre esse tecidinho que prometia maravilhas.
Embora muita gente pense que o sling é a mesma coisa que o "canguru", outro tipo de carregador de bebê, são coisas bem diferentes.
Como sou muito ansiosa, não resisti e fiz um teste em casa com uma canga de praia...hehehe Quando vi que Helena se adaptou eu decidi na hora: quero um!

Comprei um aqui na minha cidade, mas não fiquei segura com o tecido nem com a argola, então voltei para minha pesquisa na internet e descobri os tipos de argolas e tecidos que deveriam ser usadas. Isso é muito importante para a segurança do seu bebê. 
Após pesquisar em várias lojas, escolhi comprar na Babysling. Esse eu ADOREI! Aqui tá o site deles pra quem se interessar: http://www.babyslings.com.br/ .

Aqui em Balneário Camboriú andar com carrinho no centro é praticamente uma aventura, se vc for entrar em uma loja aí que fica difícil mesmo. Com o sling o bebê tá ali com você juntinho sem precisar esbarra e bater em ninguém. A Helena dormia...era uma delícia!

Não virei "expert" no uso do sling, mas com o pouquinho que sei já adoro.

Helena, agora com 1 ano e 2 meses, continua saindo comigo no sling. Mas, como está adorando a descoberta de "andar" usamos menos que antes.

Vamos slingar! Convido todas as mamães a pesquisar, testar o sling e tenho certeza que vc e seu bebê irão curtir muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário